Como manter a chama profissional acesa no primeiro dia de trabalho

O primeiro contato com o trabalho é o momento onde um mundo diferente se abre.

Nesse período, tudo precisa funcionar bem, ou o sonho do novo emprego pode virar um pesadelo, e você certamente já passou por algo parecido ou conhece alguém que tenha passado pelo que descrevemos neste breve conto.

O primeiro dia…

Depois de um longo processo seletivo, chegou o dia de estreia do nosso profissional: O Novato!

Na data e horário combinados, o Novato chega ao escritório e, cheio de vontade, ideias e incertezas, aguarda ansiosamente na recepção. Ansioso, ele fica naquele sofá por tempo o suficiente para duvidar se alguém realmente havia sido avisado ele estava ali, até que de repente, alguém do RH aparece e o leva até seu novo espaço de trabalho.

Chegando lá ele é apresentado à sua nova mesa e recebe seu kit de boas vindas onde encontra um folder de diretrizes da empresa, uma garrafinha, um boné, um bloco de notas, uma caneta e uma caneca: todos personalizados com a identidade visual da companhia. Empolgado, ele examina todos os itens mas, rapidamente, sente falta de um detalhe muito importante:

Onde está o computador?

Sem um computador, não há trabalho…

O profissional do RH que o acompanhou balbucia algumas reclamações e entra em contato com o TI para questionar sobre o computador do novo funcionário. Ele fica algum tempo no telefone reclamando que isso “sempre acontece”, enquanto O Novato começa a pensar se não seriauma boa ideia pesquisar páginas de concorrentes no celular.

Algum tempo depois de registrado o caso, “o cara” do TI aparece com um laptop de aparência questionável e instruções para o primeiro acesso, deixa o dispositivo aos cuidados do Novato e direciona-se a seu para outro atendimento, sem que haja tempo de qualquer questionamento adicional.

O Novato então entra com seu usuário e senha e…

“Seu usuário ou senha estão incorretos.”

Ele digita novamente algumas vezes sem sucesso, e pergunta aos colegas vizinhos o que fazer, mas a resposta não o deixa nada seguro…

– Melhor chamar o TI…

Já é quase meio-dia e os colegas o chamam para almoçar.

Na volta, percebe ao fundo oposto do corredor o “cara do TI” saindo da máquina de café com sua caneca cheia. O Novato aproveita a oportunidade e agarra seu laptop, correndo em direção ao técnico como se fosse um herói que pode salvá-lo, conseguindo finalmente realizar seu tão sonhado primeiro login no computador.

Nisso, ele cruza com seu novo chefe, que o convida para uma reunião “rápida”.

Na sala de reunião, ele tenta decorar o nome de todas as pessoas presentes enquanto tenta acessar o sistema interno de vendas. Sem jeito, ele explica que não tem os acessos ainda e segue anotando as coisas que julga serem importantes em um rascunho de e-mail.

Sem os acessos, não somos nada…não somos ninguém

A reunião se arrasta tarde adentro e, quando termina, O Novato decide procurar o TI novamente.

Chegando lá, para sua surpresa, a sala está fechada. Já passam das 17 horas, o expediente já terminou e a equipe de TI só volta no dia seguinte. Suas demandas e tarefas pautadas na reunião são para amanhã, mas sem o básico de acessos, não dá nem pra imaginar por onde começar.

– Onde é que eu fui me meter? – pensa O Novato, abrindo o navegador do celular para olhar possíveis vagas em empresas concorrentes.

Você certamente já passou por algo parecido ou conhece alguém que tenha passado, mas o primeiro dia de trabalho não precisa ser assim.

Quer saber como funciona um onboarding de excelência?


Vem Falar com a Gente!