O que é cibersegurança e por que investir nela para a sua empresa?

Atualmente, os ataques cibernéticos estão cada vez mais comuns,  e o tema da cibersegurança tem chamado a atenção tanto de especialistas quanto do público em geral. 

Os dados falam por si só: 100 bilhões de empresas sofreram ataques cibernéticos no Brasil em 2022. Já em 2023, 70% das empresas foram impactadas pelos ataques. As consequências desses ataques vão desde danos à reputação da empresa, devido à exposição de informações, até prejuízos financeiros de bilhões.

Neste artigo, vamos explicar porque a cibersegurança é tão importante, os perigos de não investir nessa área e como mitigar riscos para a segurança do seu negócio.

O que é cibersegurança?

A cibersegurança, também conhecida como segurança cibernética, é o conjunto de práticas, tecnologias, processos e medidas para a proteção de sistemas de computadores, redes, dispositivos e dados contra ameaças cibernéticas. Isso inclui ataques, invasões, roubo de informações e outros tipos de atividades maliciosas. 

A atenção ao tema é essencial para garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações e sistemas digitais.

Tipos de segurança

Existem vários aspectos relacionados à proteção cibernética. Alguns dos principais incluem:

  • Segurança de Rede: protege as redes de computadores contra ameaças. Inclui a implementação de firewalls, sistemas de detecção de intrusões (IDS), sistemas de prevenção de intrusões (IPS) e medidas que garantem a integridade e confidencialidade das comunicações.
  • Segurança de Endpoints: concentrada na proteção de dispositivos finais, como computadores, laptops, smartphones e tablets. A segurança de endpoints abrange a instalação de antivírus, antimalware, firewalls pessoais e políticas de segurança em dispositivos individuais.
  • Segurança de Aplicativos: protege os aplicativos de software contra ameaças cibernéticas, incluindo a realização de testes de segurança (penetração) em aplicativos, bem como a implementação de práticas seguras de desenvolvimento de software.
  • Segurança em Nuvem: com a crescente adoção de serviços em nuvem, a segurança em nuvem se tornou fundamental. Envolve proteger dados e aplicativos hospedados em serviços de nuvem, garantindo que sejam seguros contra ameaças e vulnerabilidades.
  • Segurança de Dados: a proteção de dados é fundamental, e  envolve criptografia, controle de acesso, backups regulares e medidas para evitar a perda de dados ou uso não autorizado.
  • Segurança de Identidade e Acesso: garante que apenas usuários autorizados tenham acesso a sistemas e dados. Isso inclui autenticação multifator, gestão de identidade e controle de acesso.
  • Segurança de Internet das Coisas (IoT): com o crescimento dos dispositivos IoT, a segurança nessa área é essencial, protegendo dispositivos conectados e a rede IoT contra ameaças.
  • Segurança em Sistemas Operacionais: protege os sistemas e servidores em que os aplicativos são executados, incluindo a configuração segura dos sistemas operacionais e a aplicação de patches de segurança.
  • Conscientização e Treinamento em Segurança: a educação dos funcionários e usuários para aumentar a conscientização sobre ameaças cibernéticas é uma prática que vem crescendo no mercado. Ações para promover boas práticas de segurança são essenciais. Afinal, são pessoas que gerenciam seus dados, acessos e dispositivos. 
  • Gestão de Incidentes de Segurança: abrange a preparação, resposta e recuperação de incidentes de cibersegurança, incluindo a investigação de violações e a mitigação de danos. A implementação de várias camadas de segurança é comum para garantir uma proteção abrangente contra ameaças.

Cada uma dessas categorias de cibersegurança desempenha um papel fundamental na defesa contra ameaças cibernéticas. Por isso, as organizações têm cada vez mais adotado múltiplos processos e camadas de segurança para assegurar uma proteção ainda mais abrangente.

Problemas que podem ocorrer com a falta da cibersegurança

A falta de práticas eficazes de cibersegurança pode resultar em problemas significativos e potencialmente prejudiciais para uma empresa.

Um dos mais sérios é a violação de dados. Sem a segurança adequada, informações sensíveis da empresa e dos clientes se tornam vulneráveis a acessos não autorizados. 

Isso pode resultar no vazamento de dados confidenciais, como informações pessoais, financeiras e de propriedade intelectual, gerando multas, processos judiciais e até mesmo a perda de clientes.

Além disso, a perda de reputação é um impacto grave, afetando a confiança dos clientes e resultando em prejuízos financeiros. Ataques cibernéticos, como ransomware, podem causar interrupções nas operações comerciais, levando à perda de produtividade e receita.

A ameaça ao futuro do negócio também é uma preocupação real, especialmente com ataques como DDoS ou na infraestrutura crítica. A falta de medidas de segurança pode expor a empresa à espionagem cibernética, comprometimento da integridade dos dados e outras ameaças emergentes. Portanto, é fundamental implementar estratégias eficazes de cibersegurança para eliminar esses riscos.

Outra preocupação é a perda de propriedade intelectual, o comprometimento da integridade dos dados, o sequestro de contas e identidades, bem como a exposição a ameaças emergentes em uma gama de ameaças cibernéticas em constante evolução. 

A recuperação após um incidente pode ser extremamente burocrática e complicada. Além disso, exige despesas significativas em termos de tempo, recursos e tecnologia.

A LGPD e a cibersegurança

A conexão entre a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e a cibersegurança é extrema. A LGPD vai garantir a privacidade e os direitos dos indivíduos no tratamento de seus dados pessoais. 

Isso significa que as empresas, independentemente do tamanho, precisam tomar medidas significativas para proteger as informações que coletam, processam e armazenam, incluindo a notificação obrigatória em caso de violação.

A LGPD estabelece requisitos rígidos para a proteção de dados pessoais, e é na cibersegurança que encontramos a solução para atender a essas exigências. 

Implementar práticas sólidas de cibersegurança garante a conformidade com a LGPD e também resguarda as informações contra ameaças cibernéticas cada vez mais sofisticadas.

Com a quantidade de dados sendo compartilhados e armazenados digitalmente cada vez maior, a LGPD e a cibersegurança caminham juntas para promover um ambiente digital seguro e confiável.

Não se trata apenas de evitar multas e sanções, mas de construir segurança contra potenciais violações de dados, protegendo a confiança dos clientes e a reputação da empresa.

Com a LGPD, há ainda mais ênfase na importância de sistemas de monitoramento e detecção de intrusões eficazes para identificar incidentes de segurança rapidamente. A notificação permite que as empresas tomem medidas corretivas e evitem grandes danos.

Além disso, a LGPD incentiva a coleta e o processamento mínimo de dados pessoais, o que, por sua vez, reduz a quantidade de informações a serem protegidas. Isso simplifica a gestão da segurança, afinal, menos dados significam menos riscos.

A lei também atribui responsabilidades aos controladores de dados (ou seja, as empresas) para garantir a segurança dos dados pessoais. Isso inclui a nomeação de um Encarregado de Proteção de Dados (DPO) e a implementação de medidas de segurança eficazes. A falta de segurança pode resultar em responsabilidade legal e multas substanciais.

E qual a relação da MacSolution com isso?

Há mais de 15 anos, oferecemos os melhores serviços de suporte e consultoria de TI, apoiando algumas das maiores empresas do Brasil em suas rotinas de governança de TI. 

Todos os produtos e serviços da nossa empresa estão de acordo com a LGPD e atuam a favor da cibersegurança. Além disso, oferecemos licenciamento e suporte a ferramentas que são referência no mercado de tecnologia.

Uma delas é Malwarebytes, um antivírus poderoso eleito uma das 10 soluções EDR mais confiáveis do mercado. A ferramenta tem uma rígida análise e controle de qualquer ameaça externa, principalmente em relação aos dispositivos e aos dados que são armazenados. 

O JumpCloud é nosso principal produto e garante a conformidade com a LGPD e com a legislação europeia. Mas, principalmente, sua função de simplificar os processos das empresas influencia diretamente na proteção dos dados. 

Afinal, com a ferramenta você tem controle total sobre a gestão de usuários, senhas, dispositivos e acessos em nuvem com autenticação multifator, cofre de senhas e muito mais. 

Tudo na MacSolution foi pensado para garantir total tranquilidade no manuseio desses softwares, principalmente para a proteção de dados.

“Quero proteger minha empresa”

Com as nossas soluções, profissionais e empresas podem reduzir os riscos, garantindo mais tranquilidade com a cibersegurança. Para incentivá-lo ainda mais, você pode testar o JumpCloud 100% grátis de onde estiver e quando quiser.

Entre em contato com a nossa equipe clicando aqui para saber mais informações. Proteja o tesouro da sua empresa!

Compartilhe

Artigos relacionados

Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter!

Contato

Av. Chucri Zaidan, 1550 - Cj 1704 - Vila São Francisco (Zona Sul), São Paulo - SP, 04711-130

Telefone: (11) 5522-0488

Redes Sociais

Siga a MacSolution nas redes sociais

Teste o JumpCloud 100% Grátis

© 2023 MacSolution - Desenvolvido por 7Criativo

Conheça os principais recursos utilizados pelos usuários